Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Extermínio de Pensamentos

"Happiness only real when shared"-Christopher McCandless

Extermínio de Pensamentos

"Happiness only real when shared"-Christopher McCandless

25
Ago15

Vida de sacrifício

Terminatora

Enquanto jovens, queremos ter independência. Não queremos que nossos pais nos controlem mais, não queremos ter que dizer quando vamos ou não chegar a casa. Não queremos ter que estudar mais. Queremos trabalhar!

Queremos ter o nosso próprio dinheiro, a nossa própria independência, a nossa própria vida.

Depois chegamos ao ponto, em que estamos sempre a trocar de trabalho. O dinheiro é pouco, pagar carro, gasolina, outras coisas. Vamos adiando a nossa saúde. Trabalhamos mais horas... pelo mesmo dinheiro. A saúde sempre para baixo. Não temos tempo e também já não temos dinheiro.

Quando estávamos em casa de nossos pais, eles cuidavam de nós. Levavam-nos ao médico. Não nos faltava nada...

Agora trabalhamos para ter uns tostões, para poder sobreviver. Queremos arranjar casa, mas não temos como. E estamos a ficar cada vez mais cansados, mais doentes.

Cada passo agora dado, parece ser caminhar em cima de pedras pontiagudas. Pegar em algo mais pesado, é um martírio! Chegamos ao fim do dia esgotados, sem forças, sem ânimo.

Onde está o desejo pela independência? Onde está aquele espírito rebelde? Só queríamos ter férias...por tempo indeterminado, com tudo pago e recuperar a nossa saúde...

Pois bem, queremos crescer tão rápido, que o mais importante fica para trás. Agora não conseguimos aproveitar a vida. Somos uns tristes e cansados, destinados a ficar de baixa uma grande parte da vida, para poder recuperar o que o trabalho e a teimosia tirou.

O ser humano é tão contraditório... Não sabe o que quer, e quando sabe o que quer, não consegue meios para obter.

25
Ago15

Culpa

Terminatora

Um sentimento que me acompanha quase desde o nascimento. Desde que me lembro, de me sentir responsável pelos meus próprios actos, que me culpabilizo por tudo e nada...

Sim eu sei, o mundo não gira à minha volta, pensam que quero chamar a atenção... Não! A questão é que nem falo disto com ninguém. Mas aconteceu recentemente uma situação (aliás têm acontecido várias), na qual eu não tinha  culpa... mas acabei por me sentir culpada..

Até por estar doente, ou com dores e ser um atraso de vida para os outros, me sinto culpada! Sinto-me culpada até por coisas que eu não podia ter evitado de forma alguma e que nem foram relacionadas comigo directamente! Sinto-me até culpada pelos erros dos outros!

Tás a ficar louca pá....!

Mais sobre mim

foto do autor

Extermínios antigos

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Mensagens

Calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.